Tradutor

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog

Cadastre-se e receba em seu email as postagens

Pesquisar este blog

Seguidores

Welcome ao Pequinês Curitibano.

Histórias de uma Matilha Urbana. Participe!

Facebook

Quem sou eu

Total de visualizações de página

Top Blog

Pequinês Social Club

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

O castigo veio dos céus.


Lá estava eu 8h30min da manhã com a cachorrada na Praça. Confesso que estava com um mau humor daqueles devido às coisas que teria de resolver à tarde no trabalho.

Do outro lado da Praça aparece a funcionária Pública da Justiça Federal aposentada com seu maltês neurótico que odeia meus pequineses.

Pensei:
- Será que comprimento? Não estou a fim de papo hoje, ainda mais com funcionária Pública da Justiça Federal aposentada.

Educado que sou levantei minha mão acenando para a Dupla neurótica.

Deus me castigou devido aos meus pensamentos! Pois dos céus chegou uma vespa em alta velocidade tendo como seu alvo...


A minha Mão...
Levei uma P. de uma ferroada. Doeu muito, mais muito mesmo.

A funcionária Pública da Justiça Federal aposentada junto com seu maltês neurótico vieram até mim para me ajudar.

Para aumentar o meu castigo descobri que ela é uma pessoa muito bacana e solicita.

Poderia ter sido pior, a vespa poderia ter mordido minha língua.



Votando para casa com muita dor encontrei o vizinho que falou a seguinte frase:

-Como você teve coragem de castrar o Ramon?

Com muita confiança expliquei todas as razões que me levaram a tomar esta decisão.
Que graças a Deus “até agora” não me arrependi nem um pouco.

Mas olhando nos olhos do defensor anti castração dos pequineses do centro de Curitiba percebi que não o convenci com minha argumentação. Seu olhar eloqüente gritava:

-Seu mutilador de filhotes de pequinês.

Estava, apesar de convencido dos meus motivos, sem graça.

Mas ele resolveu mudar de assunto e largou à seguinte pérola:

- Acabei de achar um veterinário que vai reduzir a voz do meu York Shire.
Talvez eu devesse ter escrito a frase anterior em caixa alta.

De pronto perguntei:
- Como assim reduzir a voz do cachorro?

O defensor anti castração dos pequineses do centro de Curitiba respondeu:

-Cortar as cordas vocais dele!!!!

Bummmmmmmmmmmmmmmmmmmmmm! O ferrão da vespa me transformou eu um super herói. Virei o defensor dos York Shire latidores com cordas vocais do Centro de Curitiba.

Ele, com muita confiança, explicou todas as razões que o levariam a tomar esta decisão.

Mas mesmo assim ele não me convenceu e eu o chamei de .... "O mutilador de York Shire!"

E deu certo, eu acho. Ele falou que não vai cortar as cordas vocais do pequeno cão!

Ou eu o convenci do contrário.. Ou ele mentiu para mim.

Vale à pena lembrar, que segundo a bíblia, “Quem mente vai para o inferno!”

Por isso eu , uma vez por mês, confesso com um bom padre.
Obs.: As fotos são ilustrativas, sou mais bonito que o  heroi ai no alto rsrs!

4 comentários:

  1. É... Tenho pensando em cortar as cordas vocais de meus filhos quando começarem a gritar... Absurdo! Tomara que vc tenha convencido mesmo essa pessoa a não fazer isso. Cada um que a gente vê!

    ResponderExcluir
  2. eu acho que eu conheço o defensor! huhuh

    ResponderExcluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  4. Oi Vi.
    Acho que conheço vc tb rsrs

    ResponderExcluir