Tradutor

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog

Cadastre-se e receba em seu email as postagens

Pesquisar este blog

Seguidores

Welcome ao Pequinês Curitibano.

Histórias de uma Matilha Urbana. Participe!

Facebook

Quem sou eu

Total de visualizações de página

Top Blog

Pequinês Social Club

segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Ração certa



Quando o Dodi chegou me programei para dar banho nele em casa. Por isso a história da cama/banheira. Mas desde o inicio já foi bem diferente. Pelas coisas que vi na internet percebi que seria muito difícil para que eu fizesse isto em casa. Para começar, os cuidados com o banho do Pequinês exigem uma boa secagem ele tem muito pelo. Imaginem que um careca como eu teria secador de cabelo. Nem pensar!
Então a cama banheira nem foi cama nem foi banheira. Vou achar o destino certo para ela. Fazer uma doação.
As primeiras vezes que o levei tomar banho fora foi em um pet no shopping Curitiba. Achei o atendimento muito ruim, parecia que a atendente não gostava de cachorro. O mais interessante que lá não tinha preço definido. Um dia era X outro Y.

Resolvi seguir a sugestão de um grande amigo e o levei no Pet Center Curitiba. A Yasmim, a Lhasa do meu amigo, adora os donos do Pet. Esta adoração fez sentir mais confiante na idoneidade dos donos.
O Dodi toma banho de 15 em 15 dias. Noto que ele gosta de ficar lá.
Este  Pet acabou sendo a loja completa para o Dodi, lá ele toma vacina, toma banho e compro ração.
Fui informado pelo pessoal do canil que ele estava acostumado com a Ração Royal Canin. Quando vi o preço cai de costas. Acabei comprando a pedigree por ser bem mais em conta. Com o tempo fui notando que a pelagem do Dodi não estava boa, achei que os pelos estavam secos e quebradiços e com os dentes manchados devido ao excesso de corantes.  Foi no pet que me chamaram a atenção sobre as vantagens de uma ração melhor. Procurei o assunto na net e mudei a ração do Dodi.
È muito importante observar a qualidade do alimento. As rações dividem se conforme o tipo da matéria prima utilizada na sua fabricação. As chamadas super-premium são as que possuem melhor fonte, seguidas pelas rações premium É por isso que muitas vezes achamos uma ração muito cara perto de outra. O porquê dessa diferença é que a matéria prima utilizada por uma é bastante superior a outra.
Agora que escolhemos uma ração de boa qualidade ela estará dividida em diversos sub tipos como filhotes, adultos, alta energia, diet, tamanho do cão...
Um cão é considerado filhote até um ano de idade, salvo em algumas raças muito grandes onde podemos considerar ate um ano e meio, nesse período ele deverá comer a ração apropriada à sua idade e porte da raça quando adulta, isso acontece porque um filhote de pequinês terá necessidades diferentes de um filhote de Dog Alemão, tanto no aporte de nutrientes quanto no tamanho do grão da ração, afinal, um cão do tamanho de um pequinês terá, por volta dos sete meses, um tamanho já definido enquanto o dog alemão estará em plena fase de crescimento.
Muitas pessoas que já tem um cão e acabam adquirindo outro querem comprar uma mesma ração para os dois, isso é possível quando os cães ficam adultos e tem tamanhos no mínimo parecidos. Caso não exista a possibilidade de separá-los nem no momento da alimentação é mais indicado que o adulto coma a ração do filhote que está em pleno desenvolvimento, mas isso pode acarretar alguns problemas como a obesidade do mais velho devido ao aporte maior de nutrientes na ração do filhote.
Existem também rações apropriadas aos níveis de atividade do cão, um animal de trabalho como um cão que anda ao lado de um policial precisa de mais energia do que o cão que esta em casa esperando o dono chegar do trabalho.
Quanto às rações diet, diferente do que muitos pensam, ela não é indicada somente para manter a forma. Existem rações diet para regimes ou até para manutenção do peso ideal, mas o termo diet está diretamente relacionado a tratamentos como por exemplo um cão que apresenta problemas cardíacos vai precisar de uma dieta sem sal ou um problema renal uma dieta com menos proteína, então temos as rações com formulações já prontas.

Experimentei uma série de rações, ganhei inúmeras amostras grátis para escolher a que ele melhor se adaptasse. Nestes dias notei que o Dodi derrubou muito pelo. È normal na troca de ração.  Acabei optando pela super premium Hill´s apesar do preço mais salgado. A princípio o Dodi não gostou muito, pois a palatabilidade não é das melhores. A veterinária falou que é devido à boa qualidade de matéria prima, pois geralmente quando o cachorro devora uma ração é pelo sabor dado pelo excesso de gordura. Vejamos por nós, quem não adora uma fatia de picanha com aquela gordurazinha?

Além da orientação da veterinária que comentou que os melhores Pets do mundo a usam fiz uma breve pesquisa na net e achei a história da empresa muito interessante.

A Hill´s foi a Empresa que se Inspirou em um Cão-Guia

Hoje em dia, a Hill's Pet Nutrition dá seguimento à tradição em cuidados com os animais iniciada em 1939 por um veterinário notável. Seus  alimentos Prescription Diet™ e Science Diet™ oferecem a mais alta qualidade em nutrição para cães que existe.
As linhas de alimentos da Hill's™ surgiram em 1939. O Dr. Mark L. Morris Sr. acreditava que certas doenças de animais de companhia poderiam ser tratadas através de uma nutrição cuidadosamente elaborada. Suas idéias foram então consideradas visionárias na medicina veterinária, e ele logo pode comprovar sua teoria.
Um jovem cego, chamado Morris Frank, perguntou ao Dr. Morris se alguma coisa poderia ser feita para salvar seu cão-guia, Buddy, que estava sofrendo de falência renal. O resultado do esforço do Dr. Morris foi a formulação nutricional do que viria a ser o primeiro produto terapêutico da linha Hill's Prescription Diet e o primeiro alimento de animais de companhia no mundo desenvolvido para auxiliar no tratamento de cães com doença renal. Pouco tempo depois, a Hill's Pet Nutrition foi fundada e o campo da nutrição terapêutica passou a existir para o mundo. Aquele primeiro alimento terapêutico evoluiu para Hill's™ Prescription Diet™ k/d™, que é vendido até hoje.
 
Processo de Fabricação
A Hill’s utiliza a mais avançada tecnologia na fabricação dos seus alimentos para cães e gatos. Como resultado, produz alimentos seguros, altamente nutritivos e palatáveis para pequenos animais. Para fornecer os melhores produtos secos, a Hill’s controla de perto todos os aspectos do processamento — antes, durante e depois da extrusão. Para que os produtos enlatados tenham níveis ótimos de nutrição e palatabilidade, damos enfoque à pré-mistura de ingredientes e ao processamento térmico.

Flavorizantes Naturais
A maioria dos alimentos secos é revestida por um ‘apanhado’ de flavorizantes. A Hill’s utiliza apenas flavorizantes com proteínas de origem animal, e seu sistema flavorizante mostrou ser superior a muitos compostos comerciais disponíveis. Estes aromas naturais ajudam a aumentar a palatabilidade dos alimentos e podem melhorar o seu perfil nutricional. A Hill’s desenvolve flavorizantes/aromas tanto internamente, através de seu Taste Technology Group (Grupo de Tecnologia Gustativa), quanto externamente, com fornecedores. De fato, a Hill’s desenvolveu uma variedade de suplementos aromatizantes proprietários e tem utilizado muitos deles em nossos produtos.




7 comentários:

  1. Concordo. Até o 1º ano, pelo menos, Madah e Ully vão ficar na Royal canin.E essa questão é fundamental, principalmente nos primeiros meses. É como com uma criança. É básico. É mais cara, mas vale a pena.
    Janete.

    ResponderExcluir
  2. A veterianária da Hany e da Cher disse que é importante dar outros nutrientes além da ração, mas não em excesso, e nem com frequência, de vez em quando eu dou cenoura ou maçã, pois frutas, legumes e carne tem que fazer parte da alimentação deles. Mas nada em excesso!
    bjo

    ResponderExcluir
  3. Olha que interessante este site que fala sobre alimentação natural.
    http://www.cachorroverde.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Pessoal, preciso de uma ajuda... Tenho um pequinês de apenas 6 meses. Estou dando a ele Royal Canin indoor Junior, a veterinária me disse que a partir dos 8 meses eu já posso mudar a ração pra uma de cão adulto. O que vc me recomendam? Será que continuo dando da marca Royal?

    ResponderExcluir
  5. A Royal é muito boa, mas eu sou fã da Hill´s. Acredito que deixa o pelo mais bonito. Das pessoas que eu conheço que fizerem a troca aprovaram.

    ResponderExcluir
  6. muito obrigada pela ajuda!

    ResponderExcluir
  7. Estou com um dilema!
    Meu Pequinês de 6 meses começou comendo a Golden Minibits filhotes. Comecei usando ela, pois meus outros cães mais velhos já consomem há 4 anos. Porém, como sou muito interessada por nutrição de pets, vi que poderia melhorar a nutrição dele, adicionando a Premier, da mesma marca, mas Super Premium. Ele adorou. Quando, fui numa Pet ganhei amostrinhas da Proplan para filhotes, e ele amou também. Quando fui terminar as doses de vacina, o Veterinário me deu uma amostra grátis da Hill's raças pequenas filhotes. Quando eu trouxe pra casa, me dei de conta que havia um T amarelo no canto do pacote. E vi que era a sigla do uso de trangênicos como subprodutos. Fiquei pasma! Como estudante de Veterinária, debatemos muito sobre os inúmeros contras desses produtos, que até hoje não conseguiram aprovação 100%, por apresentarem erros nas suas fases de testes. Quando fui visitar minha mãe, ela deu pro meu filhote um saco de 3Kg da Royal Canin Shihtzu filhotes. Vi que no saco também constava o T assustador.
    Depois de tudo isso, me dei de conta que a maioria das rações tem esse T, por obrigação da lei. E não sei mais o que ofertar para o meu filhote. Acho que vou acabar optando pela alimentação natural, isso se não alimentarem as vacas com azevém transgênico também O.o.
    Abraços

    ResponderExcluir