Tradutor

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog

Cadastre-se e receba em seu email as postagens

Pesquisar este blog

Seguidores

Welcome ao Pequinês Curitibano.

Histórias de uma Matilha Urbana. Participe!

Facebook

Quem sou eu

Total de visualizações de página

Top Blog

Pequinês Social Club

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

Quem é o chefe da matilha?


Vivemos em um mundo organizado em  Nações, Estados, Municípios, empresas famílias e matilhas. Isto mesmo matilhas.

Esta é a situação que me encontro.

Cheguei à brilhante conclusão que Dodi e Ramon não são crianças, muito menos anões peludos.

Então, para que nossa convivência seja mais harmoniosa, não vou ficar esperando que os dois tenham atitudes humanas. Portanto me juntarei a eles.

Atenção: Fiquem tranquilos, não vou virar o Menino Mogli, ou pior, me  comunicar por latidos “aurelianos” que tanto critíco.

Convencido sobre a decisão acerca da alcatéia, analiso os seus componentes.

Ramon: filhote mimando firmando seu espaço. Ainda faz xixi e late quando chega alguém no corredor.

Dodi: O que pensa que é líder.

Eu: O que penso que sou líder.

Portanto, localizado o problema: Quem é o líder?

Jurava que seria eu. Pois quem dá comida, leva passear, e para fazer cocô sou eu.
 Enfim...dou as ordens no cabaré!

Será?

Dar de comer eu dou, mas nem sempre o Dodi come na hora que a comida é servida.

Ele também  controla o Ramon com olhares, movimentos de orelha, enfim toda uma linguagem corporal maquiavélica, definindo quando o menor pode comer.

Levar para passear. Cada vez acho que as saídas sanitarias estão sendo definidas pelo Dodi, pois por volta das "7h32min" ele começa a espirrar muito alto e fazer barulho na porta de meu quarto até que eu levante e os levem passear. Já na rua adivinhe quem escolhe o caminho e conduz a matilha?

Lá vai ele...


Mas, a cereja do bolo da conclusão final, a mais cruel de todas as minhas constatações, foi a seguinte:

O LIDER FAZ COCÔ E EU TENHO QUE JUNTAR!

Existe algo mais submisso que isso?

Estou fazendo uma estratégia para que este sistema mude. Com base na disciplina e correção.

Vamos ver no que dá...


3 comentários:

  1. Hahah... São tristes as constatações, mas quando menos percebemos lá estamos nós obedecendo e nos submentendo aos nossos filhotes. Meu maior problema tem sido os passeios que a Lóli faz comigo, sim! É ela quem me leva para passear e me arrasta como se o mundo fosse acabar logo alia atraz de nós duas. Como você disse, disciplina e correção!

    ResponderExcluir
  2. Passo pelo mesmo problema,mas em dose dupla.

    ResponderExcluir
  3. hahahah..tentem a técnica do andar de um lado pro outro, por exemplo, seu cão andou à sua frente esticou a guia, vire repentinamente e ande pro outro lado, e, vice e versa várias vezes; outra, ande em círculos (ouvi num curso que os caras da SWAT fazem isto com os cães - hum...SWAT têm cães? rs); outra mais assertiva, seu cão certamente VAI PUXAR, vc PÁRA FIRMEMENTE, comece a andar pra trás (de ré mesmo), até ele chegar ao seu lado (dê puxadinhas para ele voltar) qdo a guia logicamente estiver mais frouxa e ele ao seu ladoe ande pra frente rapidamente.. se prepare pq vai ter que PARAR REPENTINAMENTE de novo, eu sempre me antecipo ao cão, sei que a guia vai esticar, eu dou um pulinho e finco os dois pés no chão, ele pára, e ando pra trás, prepare-se repetir várias vezes qualquer um destes exercícios, só vejo dois gdes problemas neles:
    1- vão te achar meio doido (a) na rua;
    2- é importante sacar e ter a destreza da guia frouxa ao seu lado, NUNCA andar se ela estiver esticada, ao lado e frouxo - ok, esticado - errado. Haja paciência...em cães pequenos é mais fácil obter resultados..rs
    NÃO USE ENFORCADOR PARA ESTES EXERCÍCIOS..PEITORAL OU COLEIRA DE PESCOÇO SE O CÃO NÃO TIVER PROBLEMAS NA TRAQUÉIA.
    Não costumo usar enforcador para meus cães, nem Rott, nem Pit, existem outras coleiras mais eficientes e que não machucam, mas requerem adaptação. Boa Sorte. Schlépts - Yara - Cães malucos

    ResponderExcluir