Tradutor

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog

Cadastre-se e receba em seu email as postagens

Pesquisar este blog

Seguidores

Welcome ao Pequinês Curitibano.

Histórias de uma Matilha Urbana. Participe!

Facebook

Quem sou eu

Total de visualizações de página

Top Blog

Pequinês Social Club

segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Fica um alerta.


Fica um alerta.

Sabemos que os pequineses aos poucos tem voltado a moda, e junto com esta onda chegam os gigolôs de animais.

Fui almoçar em Santa Felicidade e vi um “criador” de pequinês em uma barraca na frente de um Pet vendendo filhotes.
Fiquei curioso e fui ver os animais. O casal me mostrou um lindo filhote branco que juravam ser um pequinês.
Deixo claro que não tenho absolutamente nada contra mestiços, muito pelo contrário. Mas não suporto enganadores como foi o caso.





Então dialoguei:
-Mas este filhote não esta com um focinho meio grande para um pequinês?

- Não, imagina! Este é da qualidade original, possui focinho. Já os da qualidade Nabuco tem o rosto de macaco, sem nariz.

E eu ainda insisto:

-Sério?! Não sabia disto. Pensei que fosse só um padrão.

E ela: Sou criadora há muito tempo, sei tudo de pequinês.

Calei- me e fui almoçar.Mas não resisti. Peguei o telefone e liguei para o número que me deram. Detalhe este número veio junto a uma folha que ensinava a alimentar os filhotes. Lá dizia que deveria dar Pão Pullman com Mel. Diferente não acha?

Bom, vamos ao telefonema:

-Olá queria saber se o pequinês que vocês estão vendendo tem pedigree?

Olha a resposta:

- Acabamos de vender o pequinês. Ele não tinha pedigree, pois com este certificado não posso vender por menos de R$ 2000,00.

Rapidamente para não perder o cliente ela dispara:

  -  Mas não se preocupe, caso você queira tenho em casa pequinês micro para vender!

Eu, como muita paciência, ainda continuo:

- Mas você não tinha me falado que eram apenas duas linhagens. A original e o Nabuco?


E pare encerrar com chave de ouro:

- O mini só para clientes especiais. São muito raros.


O que fica?
 Nós do Pequinês Social Club devemos divulgar o padrão da raça. Isto para que não aconteça como ocorreu no passado, quando todo cachorro pequeno era pequinês.

 Também pelo lado do direito do consumidor, pois se a pessoa quer um pequinês deve levar um pequinês.




6 comentários:

  1. Não foi apenas pelo focinho que percebi que não era pequinês. O Rabo e o pelo eram diferentes.
    Muito lindo o cachorro, mas, definitivamente, não era pequinês.

    ResponderExcluir
  2. PÃO PULLMAN COM MEL? muito estranho os meus comem de vez em quanto pão seco, mas não com mel.
    é Mauricio infelizmente tem muito disso a unica importancia para essas pessoas é vender, ganhar dinheiro, e como existem pessoas que não conhecem nem um pouco a raça (como eu que quando comprei a Laika nem sabia o que era um pequines)acontece muito isso pois os filhotes são bonitinhos e as pessoas são enganadas.

    ResponderExcluir
  3. Fã dos pequineses10 de outubro de 2011 23:05

    Acho que o pedigree é fundamental , e creio que não é ele que encarece .... Também não tenho nada contra cães mestiços, afinal também são cachorros e merecem todo amor.... O problema é a propaganda enganosa!

    ResponderExcluir
  4. os criadores são do Boqueirão.

    ResponderExcluir
  5. Fã dos pequineses10 de outubro de 2011 23:45

    Observação : Nabuco é uma classificação utilizada para pugs . Para os pequineses nao tem essa classificação!

    ResponderExcluir
  6. E o pior de tudo é que a ganância faz o indivíduo pensar que está sendo inteligente.

    ResponderExcluir