Tradutor

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By Ferramentas Blog

Cadastre-se e receba em seu email as postagens

Pesquisar este blog

Seguidores

Welcome ao Pequinês Curitibano.

Histórias de uma Matilha Urbana. Participe!

Facebook

Quem sou eu

Total de visualizações de página

Top Blog

Pequinês Social Club

sábado, 17 de setembro de 2011

Adeus aos bagos de ouro



Decidi pela castração do Dodi. Notei que ultimamente ele anda muito agitado e não tem perdoado as  almofadas. Por mais que o apartamento esteja limpo tenho sentido um cheiro da puberdade do rapaz.

O Ramon já é castrado. Achei que iria cruzar o Dodi, mas acabou não dando certo por vários contratempos. E pensando bem, cruzar por quê? Não existe a menor possibilidade de eu querer ficar com um filhote.

O Ramon apesar de ser mais serelepe é muito mais obediente, cheiroso e calmo que o Dodi. Acho que é por causa da castração.

Estou curioso para saber como serão as mudanças de comportamento de um cachorro já adulto castrado.

Terça será o dia de adeus aos bagos de ouro

4 comentários:

  1. Quando castrei o Simba ele já era adulto, tinha dois anos e três meses e também já havia cruzado.
    Depois da castração ele não mudou nada, continua demarcando território e acredite se quiser...cruzando, mas agora sem fecundar é claro.

    ResponderExcluir
  2. Não se preocupe Maurício! Eu também era resistente a idéia de castração! Mas, a experiência com as peludinhas, me ensinou que, se não há interesse em cruzar, o melhor a fazer, é castrar. A Tasha castrei antes do primeiro cio, então não teve alteração alguma no comportamento. Bom, a única alteração que a Tamy e a Pituxa tiveram foi para melhor. Elas ficavam muito sensivéis, doloridas, aborrecidas no período do cio. Foi a única coisa que mudou, elas não ficam mais aborrecidas. Eu aprovo, e a literatura veterinária também, principalmente nas cadelas que tem maior risco de tumores.
    Sucesso na cirurgia do nosso garotão!
    Abraços

    ResponderExcluir
  3. O Tavinho já é pai, de três machinhos...
    bom, o Mauricio já sabe a minha visão, sobre a castração...
    mas no caso do macho a castração é benefica sim, pelo menos é oq ouço falar...
    Não acho que o cio atrapalha em nada, se for pela sugeira ou pelo temperamento, eu vou dar carinho da mesma maneira a elas...E ainda vou ter que limpar o coco delas no dia seguinte de qualquer forma...
    e em questão ao cancer...são porcentagem, e nunca ouvi falar de cancer em pequinês...ainda bem, acho que isso tem a ver com a raça...

    ResponderExcluir
  4. Infelizmente nao POUSADA o cancer de mama na femea que nao e castrada e muito alta e mais um outro problema que aparece quando elas ficam mais velhas e muito perigosa , mas nao sei o nome da infeccao em portugues mas em ingles e PYOMETRA olha no google e vc vera. Quando tive minha primeira cadela 13 anos atraz eu nao sabia destes perigo e so fiquei sabendo quando coneci meu marido que e veterinario. Ela ja removeu 3 tumores de mama e teve pyometra. O importante para a cadela e castrar antes do segundo cio. E o macho tbm corre o risco de cancer nos testiculos. Minha opniao que a castracao e muito importante para a saude futura.

    Jackie

    ResponderExcluir